quarta-feira, 20 de janeiro de 2016

Morre o psiquiatra Dr. Ademilson Rimolo

Flávio Azevedo

Um início de ano de perdas importantes. Faleceu ontem, aos 69 anos, o psiquiátrica, Ademilson Francisco Rimolo, com quem trabalhei no Hospital Colônia Rio Bonito (HCRB), quando eu atuava como técnico de enfermagem, na década de 90. 

Segundo relato de familiares, ele acordou não se sentindo bem e a tarde apresentou episódio de hemorragia digestiva. Foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

Ele estava em Niterói e foi levado para o Hospital São Lucas, em Icaraí, internado no CTI da unidade e por volta das 19h piorou e evoluiu para o óbito. Dr. Ademilson, como ele era mais conhecido pelos seus muitos clientes e amigos, foi sepultado no cemitério do Maruí, no Barreto, às 15h dessa quarta-feira (20/01).

À família enlutada, os meus sinceros sentimentos. Eu sempre disse que Dr. Ademilson era um dos poucos “médicos de mente” que não era "doido". Perdemos um grande sujeito, amigo e profissional!

5 comentários:

  1. Pessoa maravilhosa como poucos que conhecia o ser humano por fora e por dentro. Descanse em Paz Dr. Edmilson (Edvaldo esposo da Silvia Souza sua paciente- sg)

    ResponderExcluir
  2. Pessoa maravilhosa como poucos que conhecia o ser humano por fora e por dentro. Descanse em Paz Dr. Edmilson (Edvaldo esposo da Silvia Souza sua paciente- sg)

    ResponderExcluir
  3. Tive a honra de ser paciente dele por apenas alguns meses; sua sensibilidade e empatia com a dor psíquica dos pacientes era evidente. Tranquilo, ouvinte atento, quando falava, nos levava, por alguns minutos, para algum lugar mais calmo, como um olho do furacão. Fará muita falta. Que Deus console a família.

    ResponderExcluir
  4. Tive a honra de ser paciente dele por apenas alguns meses; sua sensibilidade e empatia com a dor psíquica dos pacientes era evidente. Tranquilo, ouvinte atento, quando falava, nos levava, por alguns minutos, para algum lugar mais calmo, como um olho do furacão. Fará muita falta. Que Deus console a família.

    ResponderExcluir
  5. Excelente pessoa amigo e médico !!! Sempre respeitou muito seus pacientes , coisa rara na psiquiatria , ele tratava seus pacientes como verdadeiros seres humanos.

    ResponderExcluir