terça-feira, 8 de março de 2022

Curso profissionalizante em Rio Bonito/RJ

OPORTUNIDADE!

Curso de Operador de Máquina e o Curso de Montagem e Manutenção de Placa Solar. Ao completar a formação o aluno obterá certificado e carteira de operador. Inscrições podem ser efetuadas entre 9h e 15h, na Casa do Trabalhador, na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio Bonito/RJ, no Centro, Rua: Deocleciano Guimarães, nº 15.

Aulas teóricas e práticas, para homens e mulheres, a partir dos 16 anos. Interessados devem comparecer portando cópia do RG e CPF.

Informações com o professor Reinaldo Marques no número (21) 99275 – 1614 ou através do link https://bit.ly/2O29wFp (direto no WhatsApp). Compartilhe essa informação com amigos e em suas redes sociais. Vamos em frente! #flavioazevedo

Dinheiro esquecido...

A partir dessa segunda-feira (07/03), as pessoas nascidas até 1968 ou empresas abertas antes desse ano poderão pedir o saque de recursos esquecidos em instituições financeiras. O processo deve ser feito no site Valores a Receber, criado pelo Banco Central (BC) para consulta e agendamento da retirada de saldos residuais.

A consulta foi aberta na noite de 13 de fevereiro. Na ocasião, o próprio sistema informou a data e o horário em que usuários com recursos a sacar devem retornar ao site para fazer o agendamento. O processo vai até sexta-feira (11). Quem perder o prazo ou o horário poderá fazer repescagem no sábado (12), das 4h às 24h. O usuário que perder a repescagem só poderá retornar a partir de 28 de março.

Após o pedido de saque, a instituição financeira terá até 12 dias úteis para fazer a transferência. A expectativa é que pagamentos realizados por meio de Pix ocorram mais rápido.

Fonte: A Tribuna

"Mês da Mulher" do Programa Flávio Azevedo recebe cantora Gizele Divino

Em razão do Dia Internacional da Mulher (08/03), o Programa Flávio Azevedo promove durante todo mês de março o quadro “Mês da Mulher”. Durante 30 dias receberemos mulheres de variados segmentos e atividades. Conheceremos a visão de mundo de cada convidada a respeito do papel da mulher na sociedade e o fazer de cada uma delas.

Nessa segunda-feira (07/03) abre a série de entrevistas a cantora e empreendedora, Gizele Divino. Vamos em frente! #flavioazevedo

Operação mira estelionatários do golpe do empréstimo consignado

A Polícia Civil realiza, na manhã desta segunda-feira (7), a operação Stop Loss contra uma quadrilha de estelionatários que aplicavam o golpe do empréstimo consignado em aposentados e servidores públicos. Agentes da 76ª DP (Niterói) pretendem cumprir sete mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. Até o momento, cinco pessoas já foram presas.

De acordo com as investigações, os golpistas abriam empresas em nome próprio ou de laranjas e atraíam clientes oferecendo retornos vantajosos em investimentos no mercado financeiro. Os recursos eram obtidos por meio de empréstimos consignados feitos pelas vítimas com a orientação dos criminosos. Após os empréstimos, as vítimas ficavam com 10% do valor e transferiam 90% para contas bancárias indicadas pela empresa.

Para dar aparência de legalidade, as firmas emitiam um contrato de cessão de crédito e investimento em que se responsabilizavam em fazer as supostas operações no mercado financeiro para pagar todas as parcelas dos consignados. Como as operações eram inexistentes, depois do pagamento das primeiras parcelas, os estelionatários fechavam as portas das firmas e desapareciam com o dinheiro, deixando as dívidas dos empréstimos para as vítimas.

A distrital ainda descobriu que por trás de três empresas, estavam pai e filho. A ficha criminal de cada um tem cerca de 20 anotações por estelionato, organização criminosa, crimes contra o sistema financeiro nacional e lavagem de dinheiro. Apesar do histórico, eles nunca haviam sido presos. Uma das empresas que fechou as portas, em setembro de 2021, tinha como sócia-administradora uma idosa, de 80 anos, acometida por um quadro de demência grave. Ela é tia de outro envolvido no esquema criminoso, que tirou proveito do estado de saúde da mulher para usá-la como laranja.

Fonte: O Dia

domingo, 6 de março de 2022

A necessidade de uma farmácia ou drogaria que funcione 24h

A necessidade de uma farmácia que tenha atendimento 24h é uma realidade na vida do povo riobonitense. O assunto tem figurado nas redes sociais e trata-se de uma carência que não é de agora. Salvo engano, entre os anos de 2016 e 2017 publicamos reportagem a respeito. À época, gerentes de farmácias e drogarias ouvidos alegaram não compensar essa prestação de serviço. Segundo eles, além de não pagar o funcionário de plantão ainda tem os riscos de assalto. Outras ponderações também foram apresentadas.
– Depois das 23h o que mais se vende é preservativo. Sobretudo nos fins de semana, tem muito jovem procurando medicamentos que podem ser associados a bebidas energéticas para aumentar o efeito estimulante. Pouca gente aparece para comprar medicamentos prescritos na emergência do Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV) e da Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Ou seja, o serviço 24h é certeza de prejuízo para as grandes e pequenas farmácias – revelou um empresário do setor.

Apesar dessa realidade, penso que as autoridades (Executivo e Legislativo) e empresários do setor poderiam buscar um modo de dirimir essa necessidade. Pode ser que para você, para mim e para uma grande maioria isso seja irrelevante, mas essa irrelevância é até precisarmos comprar um medicamento de madrugada e não conseguir. Quem sugeriu essa pauta contou que passou um perrengue numa madrugada dessas em busca de medicamento. Na busca ele se deslocou até Tanguá e Itaboraí, onde também não encontrou nenhuma farmácia ou drogaria aberta.
A nossa apuração dos fatos que envolvem o tema descobriu que a partir de 1988 cada município deve legislar a respeito do assunto. Em Tanguá, a legislação que regulamentava esse tema foi questionada por empresários do setor, vulnerabilidades foram encontradas e a lei acabou caindo no esquecimento.

Em Rio Bonito, recentemente o vereador Eduardo Silva dos Santos, o Dudu (Republicanos); apresentou uma legislação sobre o funcionamento das farmácias 24h. O dispositivo foi aprovado pela Câmara dos vereadores, mas está parado nas gavetas do poder Executivo por “vício de iniciativa”, uma vez que essa legislação precisa ser proposta pelo poder Executivo e não pelo Legislativo.

Como acontece com outras leis aprovadas pela Câmara de Vereadores de Rio Bonito ao longo da história recente, a legislação da farmácia 24h é mais uma que fica numa espécie de limbo, porque o Executivo não veta e o Legislativo não promulga. A solução não é difícil, precisando apenas existir boa vontade. Se o poder Executivo não pode sancionar a lei, porque o Legislativo não pode propor tal legislação, basta a Procuradoria Geral do Município copiar o dispositivo que está aprovado pelo Legislativo e transformar em Decreto do Executivo. Seria uma legislação construída a quatro mãos (Executivo e Legislativo) para atender de imediato a necessidade do pagador de impostos.

Vamos em frente e fica a dica! #flavioazevedo

Alerj publica lei que acaba com vistorias de segurança no Detran

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) publicou nessa sexta-feira (04/03), no Diário Oficial, a lei que determina a extinção das vistorias de segurança veicular e controle de emissão de gases poluentes e ruídos feitas pelo Detran/RJ. A inspeção passará a será de responsabilidade dos fiscais de trânsito dos órgãos competentes do Estado, mediante abordagens.

A medida está prevista na lei nº 9584/22. A regra também vale para veículos de transporte escolar, de carga, de transporte coletivo e rodoviários de passageiros. Já inspeção ambiental será realizada por meio de equipamento eletrônico de aferição de gases poluentes e ruídos. O licenciamento anual será feito pela internet.

Os deputados que defenderam a nova legislação argumentam que o novo dispositivo representa desburocratização das vistorias e diminui os custos do proprietário do veículo. “Alguns estados já fazem a fiscalização de maneira aleatória por fiscais ou empresas habilitadas, o que mostra que é possível a implementação no Rio de Janeiro para maior comodidade dos motoristas”, afirmou o deputado Renato Zaca.

A vistoria anual para retirada do documento só será obrigatória quando os veículos tiverem cinco anos de uso a contar da data da nota fiscal.

Fonte: O Dia

Colégio Bela Vista organiza evento para celebrar Dia Internacional da Mulher

Com o objetivo de ressaltar a importância da mulher no dia que homenageia suas lutas, o Dia Internacional da Mulher (08/03), o Colégio Estadual Desembargador José Augusto Coelho Rocha Junior, o Colégio Bela Vista de Rio Bonito/RJ, recebe nessa terça-feira (08/03), a partir das 10h, a delegada titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de São Gonçalo, Carla Tavares; e a advogada e idealizadora do Projeto Lilás, Paola Lima; que discorrerão a respeito do tema com os presentes.

O objetivo de promover um evento dessa natureza é porque a equipe que atua na unidade escolar acredita na eficácia das ações diárias e políticas públicas que deem conta das exigências da realidade de violência contra a mulher através da troca de experiências entre diferentes saberes.

Além de ser uma instituição de Educação que conta com mulheres nos cargos diretivos, o Colégio Estadual Desembargador José Augusto Coelho Rocha Junior tem cerca de 200 alunos no curso Normal. Organizadores do evento entendem que é dever dos educadores propiciar espaços  de diálogo e pluralidade de ideias ampliando o acesso ao conhecimento e ao estado de direitos, fomentando cidadania e mostrando ser esse um processo libertador.

Empreendedorismo com atividade Cosplay na pauta do Programa Flávio Azevedo

 

O Programa Flávio Azevedo dessa sexta-feira (04/03) está no ar, hoje, recebendo o empreendedor, James Azevedo. Em nossa pauta a atividade Cosplay e o aspecto lúdico e profissional de quem trabalha nesse ramo! Ele vai contar como a roupa que usou num baile a fantasia acabou abrindo caminho para se tornar, cinco anos depois, no principal Cosplay de Rio Bonito/RJ e Região. Vamos em frente! #flavioazevedo


sexta-feira, 4 de março de 2022

Rio flexibiliza uso de máscara e deixa a critério dos municípios

O uso de máscara no estado do Rio de Janeiro passa a depender do entendimento de cada município. Decreto nesse sentido foi publicado nesta quinta-feira (03/03) pelo governador Cláudio Castro. Entre os motivos que levaram a decisão do governador estão as melhoras sucessivas do cenário epidemiológico da Covid-19 no estado, por exemplo, a diminuição da taxa de incidência de casos graves e óbitos, a redução da positividade dos exames, assim como redução da demanda por leitos de internação.

Também foi levado em consideração a elevada cobertura vacinal no estado, assim como o avanço da vacinação para todas as faixas etárias maiores de 5 anos de idade nos 92 municípios fluminenses. A portaria explicita ainda a responsabilidade dos municípios na suspensão da obrigatoriedade do uso de máscaras. “Fica facultado aos Poderes Executivos Municipais a flexibilização das medidas sanitárias no tocante ao uso obrigatório de máscara de proteção respiratória mediante ato próprio”, diz artigo do documento.

Porém, nos locais em que a Secretaria de Estado de Saúde determinar a permanência do uso de máscara, permanecerá em vigor as penalidades previstas na legislação estadual.

Nota: como em toda sociedade democrática, a coisa está caminhando para uma lógica natural, mas de difícil compreensão por parte de determinadas lideranças e segmentos. O uso da máscara caberá ao cidadão. Quem preferir seguir usando com ou sem obrigatoriedade, está ok. Quem já não usava com sem obrigatoriedade, está ok também. Vamos em frente! #flavioazevedo

Assuntos diversos com Anderson Caldeira no Programa Flávio Azevedo

O Programa Flávio Azevedo dessa quinta-feira (03/03) está no ar, hoje, recebendo o bacharel em direito, Anderson Caldeira. Em nossa pauta assuntos diversos! Vamos em frente! #flavioazevedo