quarta-feira, 16 de abril de 2014

Espaço privado nos festejos que celebram aniversário de Rio Bonito preocupa vereador

Flávio Azevedo

O vereador Cláudio Fonseca de Moraes
O vereador Cláudio Fonseca de Moraes, o Claudinho do Bumbum Lanches, na sessão Legislativa da última semana, fez um alerta ao poder Executivo, quanto ao gerenciamento das atividades que serão oferecidas durante os festejos promovidos pela Prefeitura Municipal em comemoração ao aniversário da cidade. De acordo com o parlamentar, “tem existido um conflito entre os espaços, público e privado, nos últimos anos”.

Ele argumentou que “no ano passado, as atividades do palco principal eram encerradas muito cedo, sobrando apenas, como atração, a “Tenda Mix”, um espaço que é preciso pagar para entrar”.
– É bom que as pessoas entendam que eu não sou contra a Tenda Mix e nada tenho contra o empresário responsável por essa atração. Eu só não acho justo que as atividades no palco principal se encerrem às 23h ou 24h... E a festa continue até às 5h na Tenda Mix, onde é preciso pagar para entrar – disse o vereador. Ele sugeriu que a programação aconteça até às 2h e “a partir daí quem quiser continuar festejando na Tenda Mix, que prestigie o espaço”.

Para justificar a sua preocupação, o vereador apontou outras razões. De acordo com ele, “como o salário mínimo não tem poder de compra e a maior parte das pessoas em Rio Bonito têm essa remuneração, certamente vai ficar pesado, durante 3, 4 ou 5 dias, a pessoa ter que desembolsar uma quantia, “que não é barata”, para se divertir. “A entrada não é barata e se a pessoa estiver acompanhada, a despesa é dobrada”, comentou.

Ainda segundo o parlamentar, não é só os que buscam os shows que acabam prejudicados. “Os barraqueiros e toda a sorte de outros comerciantes que estão no local acabam amargando prejuízos, porque os valores cobrados para se montar uma barraca não altos, mas na hora de ganhar dinheiro a festa acaba, só resta a Tenda Mix, mas quem entra nesse espaço consome no interior da tenda, o que prejudica o barraqueiro”.
– Se o show principal acabou cedo, não tem problema, essa é a hora de prestigiarmos e incentivarmos os artistas locais, que certamente subirão ao palco e conseguirão manter a galera empolgada até o horário do encerramento, que penso deveria ser por volta das 2h – concluiu Claudinho, que espera melhor equilíbrio na programação desse ano.

terça-feira, 15 de abril de 2014

Copa de Futebol Society Veteranos e Master pegando fogo em Rio Bonito

Flávio Azevedo 
A equipe Zaniboni lidera a competição e tem o artilheiro da Copa.
Depois de dois domingos de jogos pegados e disputados, quatro equipes lideram a II Copa de Futebol Society Veterano e Master de Rio Bonito. Com duas vitórias, 5x1 sobre o Bonitinho; e 7x0 sobre o Jacuba Esporte; o Zaniboni tem seis pontos e lidera isoladamente a categoria Master. Já o “Veteranos” é liderado por três equipes: Bonitinho, Beiço Material de Construção e Rio Ita.

O Bonitinho lidera pelo saldo de gols, alcançado na partida que venceu o Rio Ita (6x1), no último dia seis de abril. No mesmo dia, a equipe da Beiço Material de Construção venceu a representação da Valdemir Contabilidade (4x3). No último domingo (13/04), a equipe da Rio Ita se reabilitou e venceu a Raposa (2x0).

Os atletas Fábio Carvalho, da Beiço Material de Construção; e Marco Antonio, da Zaniboni, são os artilheiros isolados das competições. Com três gols, Fábio é o artilheiro do “Veteranos”. Já Marco Antonio, com cinco tentos, até agora, é o matador da categoria “Master”.
A equipe do Esporte Clube Fluminense enfrenta o Bonitinho (27/04), num confronto que está prometendo muita emoção.
No próximo dia 27 de abril, no Rio Bonito Atlético Clube, agremiação esportiva que sedia a competição, mais dois confrontos de arrepiar a partir das 9h. A primeira partida, válida pela categoria “Master”, é entre Esporte Clube Fluminense e Bonitinho. Já Valdemir Contabilidade e Bonitinho se enfrentam na categoria “Veteranos”.
                  Classificação


Petrobras abre inscrições para seleção pública de projetos esportivos educacionais

A Petrobras lançou, hoje (15/4), em sua sede, no Rio de Janeiro, a seleção pública de projetos esportivos educacionais, por meio da qual destinará R$ 45 milhões, no período de dois anos, a iniciativas de todo o país. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até 14 de julho, pelo site www.petrobras.com.br/ppec2014. Participaram da cerimônia o diretor Corporativo e de Serviços da Petrobras, José Eduardo Dutra, e o gerente executivo de Responsabilidade Social da companhia, Armando Tripodi.

Para o diretor José Eduardo Dutra, os projetos patrocinados pela companhia, sobretudo projetos de esporte educacional, são ferramentas de inclusão social para crianças e adolescentes, visando a torná-los cidadãos. “A Petrobras, desde 2004, inseriu a responsabilidade social em seu plano estratégico, e, por meio das seleções públicas para projetos sociais, ambientais, culturais e esportivos, já investiu, ao todo, R$ 746 milhões em 770 projetos em todo o país”, ressaltou o diretor.

Também esteve presente na cerimônia Jane Carsen, assessora de parcerias estratégicas do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento - PNUD - Brasil, e Paulo Vieira, diretor da Lei Federal de Incentivo ao Esporte, representando o Ministro Aldo Rebelo, entre outras autoridades e atletas que apoiam a iniciativa. “A Petrobras foca seu patrocínio na manifestação educacional do esporte, o que tem uma relevância enorme para o nosso país, porque não só cria alternativas saudáveis aos nossos jovens, mas nos possibilita detectar e formar talentos que no futuro serão ídolos do nosso Brasil. Isto coloca o esporte brasileiro num outro patamar”, afirmou Vieira.

Podem participar da seleção projetos que estejam sob responsabilidade de pessoas jurídicas de direito público ou de direito privado sem fins lucrativos, com pelo menos um ano de funcionamento, que tenham a promoção do esporte como uma de suas finalidades. Eles devem prever o atendimento direto de crianças e adolescentes, por meio de atividades esportivas educacionais e complementares, alinhadas aos princípios do esporte educacional: inclusão, construção coletiva, educação integral, diversidade e autonomia. Devem também realizar o acompanhamento da evolução no desempenho na educação formal dos participantes, priorizando crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social no Brasil.

A seleção será composta por triagem administrativa, avaliação técnica e econômica, comissão de seleção e, em última instância, por um Conselho Deliberativo. Participarão profissionais da companhia, técnicos e especialistas externos, representantes do governo, do Terceiro Setor, de universidades e da imprensa. A divulgação dos resultados está prevista para o segundo semestre de 2014.

O Programa Petrobras Esporte & Cidadania foi lançado em outubro de 2010 e, em seu segmento voltado para o esporte educacional, atualmente patrocina mais de 50 projetos distribuídos nas cinco regiões do país.

As caravanas

De 29 de abril até 5 de junho, serão realizadas caravanas em 26 estados e no Distrito Federal, para capacitar organizações sobre o roteiro de elaboração de projetos adotado pela Petrobras. As primeiras acontecerão em São Luís (MA), Manaus (AM), Santos (SP) e Macaé (RJ). A partir do dia 28, os interessados poderão ainda tirar suas dúvidas pelo atendimento on line, no sitewww.petrobras.com.br/ppec2014, onde também será divulgada a agenda das caravanas.

Prêmio de esporte educacional

Após o lançamento da seleção pública, foram divulgadas as dez iniciativas vencedoras, de um total de 1344 inscritas, na primeira edição do Prêmio Petrobras de Esporte Educacional. Lançado em 2013, ele vai destinar mais de R$ 500 mil a tecnologias sociais desenvolvidas por professores de instituições de ensino e organizações sociais de todo o país. A premiação contemplou as categorias Terceiro Setor, Universidade e Escola Pública, sendo oferecidos R$ 15 mil para o primeiro lugar de cada categoria; R$ 10 mil, para o segundo; e R$ 5 mil, para o terceiro.

Na categoria Prêmio Especial, o vencedor receberá um apoio de até R$ 500 mil para o desenvolvimento da tecnologia. O selecionado foi a tecnologia Vivências lúdicas no esporte, da Escola Estadual Altair Severiano Nunes de Manaus, do Amazonas.

Na categoria Terceiro Setor, os vencedores foram, respectivamente: Futebol de rua: uma nova visão do jogo, de São Paulo; Velozes do amanhã, de Mato Grosso do Sul; e Handebol em cadeira de rodas, do Paraná. Na categoria Universidade, foram: Perspectivas do esporte educacional pela pedagogia de projetos: diálogos pedagógicos, de São Paulo; Festival Escolar de Mini Atletismo, de Santa Catarina; e Nosso Caderno de Jogos e Brincadeiras, de Minas Gerais. Na categoria Escola Pública: Ping-Pong na quadra, do Rio Grande do Sul; Cadeirabol, uma experiência divertida, de Minas Gerais; e Das escolas da ginástica à ginástica alegria na escola, da Bahia.


As metodologias premiadas serão publicadas para disseminação gratuita em todo o país no sitewww.petrobras.com.br/premioesporte.

Operação especial na ViaLagos para o feriadão.

A ViaLagos recomenda aos motoristas que trafeguem com cautela e atenção pela RJ - 124.
A CCR ViaLagos montou um esquema especial para atender os motoristas que passarem pela ViaLagos durante o feriadão, que reunirá as festividades da Paixão de Cristo (18/04), Tiradentes (21/04) e São Jorge (23/04). A expectativa da Concessionária é que seja um dos períodos de maior movimento do ano na rodovia depois do carnaval. Cerca de 220 mil veículos deverão passar pela ViaLagos, a partir desta quinta (17/04) até a próxima quinta-feira (24/04). Os dias de maior fluxo na ida para a Costa do Sol serão a quinta (17) e a sexta-feira (18), com 33 mil e  47 mil veículos, respectivamen
te.

As equipes do SOS Usuário Mecânico e Médico estarão reforçadas no período para atender a demanda dos usuários. Elas estarão localizadas em pontos estratégicos da ViaLagos com viaturas de inspeção, guinchos, e ambulâncias UTI e de resgate, 24 horas por dia, prontas para garantir maior agilidade nos atendimentos. Na praça de pedágio, os papa-filas (arrecadadores volantes) agilizarão a passagem dos veículos nos horários de maior movimento.  

O DER-RJ prosseguirá com a Operação Radar Móvel para coibir o excesso de velocidade. Os locais de fiscalização serão devidamente sinalizados. A Polícia Militar Rodoviária também realizará fiscalizações ao longo da rodovia para proporcionar mais segurança aos usuários da ViaLagos. Painéis eletrônicos de mensagens orientarão sobre as fiscalizações, segurança e eventuais incidentes na rodovia.

A movimentação de retorno começa na segunda-feira (21/04), com a passagem de 23 mil veículos, mas a terça (22/04) e a quinta-feira (24/04) terão trânsito mais intenso, com 25 mil e 26 mil veículos, respectivamente.

Obras de implantação da divisória

Para não comprometer a fluidez do trânsito na rodovia no período, as obras de implantação da divisória metálica entre as pistas serão realizadas apenas nos horários de menor movimento e duas faixas de rolamento estarão liberadas no sentido de maior fluxo. É necessário redobrar a atenção e respeitar a sinalização e, principalmente, o limite de velocidade nos pontos sob intervenção.

Mais segurança: primeiras divisórias estão sendo instaladas na altura de Araruama

Quinta-feira (17/04): 33 mil veículos
Sexta-feira (18/04): 47 mil veículos
Sábado (19/04):  26 mil veículos
Domingo (20/04): 18 mil veículos
Segunda-feira (21/04): 23 mil veículos
Terça-feira (22/04): 25 mil veículos
Quarta-feira (23/04): 22 mil veículos
Quinta-feira (24/04): 26 mil veículos

Fonte: Ascom/ViaLagos

Ministério Público cumpre mandados de busca e apreensão em Silva Jardim

A Prefeitura Municipal de Silva Jardim, interior do Estado do Rio de Janeiro.
De acordo com notícias publicadas no site G1, o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público Estadual cumpriu mandados de busca e apreensão de documentos e computadores na Prefeitura Municipal de Silva Jardim. A ação começou na manhã desta terça-feira (15/04). A suspeita é de que quatro pessoas, entre elas Ricardo Machado Mariath, que o G1 noticia como subsecretário de Comunicação, e a esposa dele, teriam fraudado processos licitatórios.

As investigações começaram em agosto do ano passado, depois que moradores de Silva Jardim denunciaram ao Ministério Público Estadual a não publicação dos editais de licitação do município. Os promotores descobriram que o então subsecretário municipal de comunicação, Ricardo Machado Mariath, abriu o seu próprio jornal, a “Tribuna Carioca”, para publicar os atos oficiais do município. Ele teria fraudado a contratação da própria empresa.

O jornal não tinha circulação e tinha como sede um escritório em Cabo Frio. Ricardo Mariath também é dono do jornal Nova Imprensa, no Centro de Nova Friburgo, mas, segundo o Ministério Público, o veículo não tem relação com o caso. O MP pediu o afastamento dele à Justiça.

O G1 entrou em contato com a prefeitura, mas até a publicação desta matéria não tinha obtido resposta. Várias ligações foram feitas para os números particulares de Ricardo Machado Mariath, mas todas as ligações foram encaminhadas para a caixa postal.

Fonte:G1

domingo, 13 de abril de 2014

CCR ViaLagos orienta professores de seis municípios em Educação no Trânsito e Meio Ambiente

A Concessionária CCR ViaLagos, em parceria com as Secretarias de Educação de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande São Pedro da Aldeia e Cabo Frio, está promovendo, entre os dias 01 e 15 de abril, o 1º Encontro Pedagógico do ano letivo 2014 do Programa Estrada para a Cidadania para aplicação do conteúdo Educação no Trânsito e Meio Ambiente nas salas de aula.

Mais de 865 educadores dos seis municípios participarão do treinamento. Equipes qualificadas realizarão os encontros ao longo do ano, para que os professores estejam em dia com o conteúdo do Estrada para a Cidadania - que adiciona à grade de turmas do 4º ano e 5º ano do ensino fundamental as disciplinas Educação para o Trânsito e Educação Ambiental. Os educadores ainda recebem sugestões de atividades em sala de aula e extracurriculares.

Este ano, Estrada para a Cidadania atende 865 professores e 16.500 mil alunos de escolas municipais de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. A CCR ViaLagos oferece os livros de alunos e professores, as oficinas pedagógicas e promove ações de cidadania com os estudantes. Todo material pedagógico é exclusivo e também é produzido em braile para professores e alunos cegos. Com esta importante parceria com as secretarias de educação, o Programa contribui para o desenvolvimento de cidadãos mais conscientes no futuro.

Premiado em 2010 como o melhor programa de Responsabilidade Social pela IBTTA (International Bridge, Tunnel and Turnpike Association) – a mais importante associação internacional que reúne concessionárias de rodovias, Estrada para a Cidadania é o principal programa de responsabilidade corporativa do Grupo CCR.

Fonte: Ascom/ViaLagos.

“Nada como um dia após o outro”

Flávio Azevedo 
No próximo fim de semana (19/04), começa o Campeonato Brasileiro de 2014. Entre as 20 equipes que disputam a competição está o “intruso” Fluminense, clube que caiu na bola, mas foi reconduzido a elite do Brasileirão, porque a Portuguesa/SP escalou um jogador irregular na última partida de 2013. Por força do regulamento, a equipe paulista foi punida com a perda de pontos, o que a obrigou dar lugar ao aristocrático clube de Laranjeiras na competição nacional.

Pois bem, ao verem o Fluminense ser reconduzido à elite do Brasileiro, a torcida “arco-íris” ficou em polvorosa. A indignação foi geral. Lemos e ouvimos protestos efusivos, sobretudo dos flamenguistas, que por conta da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) ter mantido o tricolor na Série A, em obediência a uma decisão da Justiça Desportiva, se diziam “ESCANDALIZADOS” com o futebol brasileiro.

Nesse domingo (14/04), porém, aconteceu algo muito interessante. Eu assisti o sofrível time do Flamengo ser campeão sobre a briosa equipe do Vasco da Gama, mas com um gol irregular. Para o meu espanto, os tais defensores da honestidade e da moralização do futebol – aqueles que queriam que o Fluminense disputasse a Série B – estão celebrando horrores o título conquistado de forma irregular. Aliás, já até arrumaram desculpas para justificar o erro da arbitragem.

Outra coisa interessante: depois de muita espera e pesquisa nas mídias sociais e sites que noticiam o esporte, ainda não vimos nenhum dos tais indignados senhores falando em entregar a taça ao Vasco, que por justiça e merecimento deveria ser o campeão Carioca de 2014.

Como diria o filósofo, “nada como um dia após o outro”! E como, geralmente, diz o “inocente” torcedor: “o choro é livre”.

PS: curiosamente, o Fluminense, abre o Brasileirão 2014, às 18h30min do próximo sábado (19/04), no Maracanã. O adversário é Figueirense/SC.

sábado, 12 de abril de 2014

Mais 40 medalhas para o Kickboxing do Rio Bonito Atlético Clube

Flávio Azevedo 
A equipe de kickboxing do Rio Bonito Atlético Clube (RBAC) novamente deixa a sua marca na Taça José Antônio Ferreira Machado, disputada pela 3ª vez, no Clube Tamoio, em São Gonçalo, entre os dias 5 e 6 de abril. Os 33 atletas que representaram a cidade conquistaram nada menos que 40 medalhas, sendo 21 de ouro, 15 de prata, e 4 de bronze. A taça é disputada em nível estadual e, de acordo com Ronaldo Oliveira Augusto, comandante do Kickboxing do RBAC, a competição serve de seletiva para o Campeonato Brasileiro da modalidade. A competição nacional acontecerá no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, entre os dias 1º e 4 de Maio. Todos os atletas medalhistas estão classificados.

Participantes

RONALDO OLIVEIRA AUGUSTO FAIXA PRETA
FULL CONTACT 71 KG = 3º
POINT FITGHT 74 KG = 3º
LIGHT CONTACT 74 KG = 2º
LIGHT KICK 74 KG = 2º

JORGE ROBERTO CADILHO DA SILVA JUNIOR FAIXA PRETA
POINT FITGHT 74 KG = 2º
K1RULES 71 KG = 2º

MARCIO RIBEIRO DANTAS FAIXA PRETA
FULL CONTACT 63,500 KG = 1º
LIGHT CONTACT 63 KG = 1º

THIAGO CASTILHO AUGUSTO FAIXA AZUL
POINT FIGHT SUB. 17= 12/13 ANOS ACIMA DE 1,50MTS = 1º
LIGHT CONTACT SUB. 17= 10/13 ANOS = 1º

RAFAELA CASTILHO OLIVEIRA AUGUSTO FAIXA AZUL
POINT FAIGHT 50 KG = 1º
LIGHT CONTACT 50 KG = 1º
LIGHT KICK 50 KG = 1º

MARCOS MARINHO FERNANDES FAIXA AZUL
POINT FIGHT 79 KG = 2º

WANDERSON ROBERTO DE SOUZA SILVA FAIXA AZUL
POINT FIGHT 57 KG = 1º
LIGHT CONTACT 57 KG = 1º

LEONARDO CARLOS MAGALHÃES FAIXA AZUL
LIGHT KICK 74 KG = 1º

RAFAEL GARCIA FERREIRA FAIXA AZUL
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 14/15 ANOS ATÉ 65 KG = 2º

EVELYN TAVARES CASTILHO FAIXA LARANJA
POINT FIGHT SUB. 17= 10/11 ANOS ACIMA DE 1,40 MTS = 1º

WALACE AMORIM DA SILVA FAIXA LARANJA
POINT FIGHT 89 KG = 2º

GABRIEL HENRRIQUE DA SILVA ROSA FAIXA LARANJA
POINT FIGHT SUB. 17= 14/15 ANOS ATÉ 1,60MTS = 2º
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 14/15 ANOS ATÉ DE 65 KG = 3º

RAMIRES VIOLANTE GONÇALVES FAIXA LARANJA
K1RULES 67 KG = 1º

LEANDO FRANCISCO DO NASCIMENTO FAIXA LARANJA
K1 RULES 91 KG = 2º

GABRIEL SALES DA CONCEIÇÃO FAIXA LARANJA
K1RULES 67 KG = 2º

TIAGO DE SOUZA MOTA FAIXA AMARELA
POINT FIGHT SUB. 17= 07/09 ANOS ACIMA 1,30MTS = 1º

FELIPE ALVARENGA SOARES FAIXA AMARELA
K1 RULES 63,500 KG = 2º

NALEN DE ALMEIDA PAIXÃO FAIXA AMARELA
POINT FIGHT SUB. 17= 14/15 ANOS ACIMA DE 1,60MTS = 1º
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 14/15 ANOS ATÉ DE 55 KG = 1º

DOUGLAS DA SILVA CARVALHO FAIXA AMARELA
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 16/17 ANOS ACIMA DE 80 KG = 1º

GRACIELE FRANCISCO DE SOUZA FAIXA AMARELA
LIGHT CONTACT SUB. 17= 10/13 ANOS = 1º

TIAGO BITESNIK DA SILVA ALMEIDA FAIXA AMARELA
POINT FITGHT 79 KG = 1º

LUCAS DE ALMEIDA PAIXÃO FAIXA AMARELA
POINT FIGHT SUB. 17= 16/17 ANOS ACIMA DE 70 KG = 2º

LIJUNFAN DE MESQUITA FAIXA AMARELA
FULL CONTACT 67 KG = 2º

DEVID MENDONÇA SILVA DOS SANTOS FAIXA AMARELA
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 16/17 ANOS ATÉ 70 KG = 1º

ANDERSON DOS SANTOS DAVID  FAIXA  AMARELA
FULL CONTACT 71 KG = 2º

THIAGO GUILHERME GUIMARÃES DOS SANTOS  FAIXA  AMARELA
LIGHT CONTACT SUB. 17 = 16/17 ANOS ATÉ 62 KG = 1º

JOÃO PEDRO PERES LIMA FAIXA AMARELA
LIGHT CONTACT SUB. 17= 10/13 ANOS = 1º

LUIZ GUSTAVO SANTÓRIO GODEÇO FAIXA AMARELA
FULL CONTACT 86 KG = 2º

SHELLY MAMEDE SILVA FAIXA BRANCA
POINT FIGHT SUB. 17= 14/15 ANOS ATÉ 1,60MTS = 2º

NÃO CONQUISTARAM MEDALHAS
LUCAS CAMPOS DA SILVA
MARLLUS LITTO FREIRE
LUAN FRANÇA CÂMARA CAMPOS
RIK DA SILVA FRANÇA

QUADRO DE MEDALHAS
1º LUGAR = 21
2º LUGAR = 15
3º LUGAR = 04

TOTAL = 40 MEDALHAS NO GERAL  5º LUGAR COMO ASSOCIAÇÃO

Árbitros do RBAC na Taça José Antônio Ferreira Machado 2014

ADRIANAPEREIRA DA SILVA ROSA
DAIANA TAVARES DE OLIVEIRA
CLÁUDIA BRUNA BORGES DE BARROS LIMA
HÉLIDA DOS SANTOS RIBEIRO
ROSEMERY RIBEIRO COSTA DANTAS
ANDRÉIA MARA VIDAL DOS SANTOS
JORGE ROBERTO CADILHO
WANDERSON ROBERTO DE SOUZA SILVA
RICARDO MAIA (BICUDO)
LAÍS BARREIRA (LAÍS PIMENTA).

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Rompimento de adutora da CEDAE compromete abastecimento de água em Rio Bonito

Flávio Azevedo 
Nessa 72h de normalização do serviço, o pedido da CEDAE é que a população poupe a água.
Uma máquina que estaria prestando serviço para a Autopista Fluminense, concessionária que administra a BR – 101 rompeu uma adutora de 350mm que leva água bruta para a estação de tratamento da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE). O incidente, que aconteceu na última quarta-feira (09/04), em horário ignorado, provocou o desabastecimento de todo município e a consequente insatisfação dos usuários. É o que informa, em entrevista a nossa reportagem, a chefia do núcleo local da CEDAE, que classifica como “irresponsabilidade” da concessionária que administra a BR – 101, o fato de não ter sido comunicada do incidente para que o reparo fosse iniciado imediatamente.
– Começamos a perceber falhas no nosso sistema, não sabíamos o que estava acontecendo e, até descobrir o problema, já eram 16h. Iniciamos o reparo de forma imediata, mas pela capacidade da adutora que foi danificada, não era um serviço de fácil execução – disse o chefe da CEDAE, Miguel Rinaldi, acrescentando que até a CEDAE ficou sem água, “porque com o rompimento da adutora de água bruta (que leva a água para ser tratada), a estação de tratamento ficou desabastecida”.

O supervisor de serviço da CEDAE, Joaquim Antenor da Silva, comentou que o conserto foi concluído nessa quinta-feira (10/09), por volta das 19h. “Estamos trabalhando firme para normalizar o abastecimento, mas como a estação de tratamento ficou desabastecida, acreditamos que o fornecimento esteja normalizado em 72h”, frisou Joaquim, destacando que o fornecimento de água para lugares como Hospital Regional Darcy Vargas (HRDV), Unidade de Pronto Atendimento (UPA), Clínica de Doenças Renais (hemodiálise), não foram interrompidos.

Necessidade de reserva

Diante do ocorrido, o chefe da CEDAE reitera os apelos que tem feito para que as pessoas tenham boa reserva de água em seus domicílios. Para Rinaldi, “hoje, uma reserva de 2 mil litros de água já é insuficiente”. Ele também destaca a importância das pessoas terem cisternas para evitar surpresa desagradáveis.
– É nesses momentos que nós percebemos que as pessoas não têm reserva de água. Hoje, com o crescimento do município, o cidadão não pode abrir mão dessa reserva. Outro dia chegou aqui, para a nossa análise, o projeto de um prédio no Centro da cidade. Percebemos logo de início que não haviam colocado cisterna no projeto. Chamamos o construtor, falamos sobre isso, ele argumentou que “como no Centro não falta água, a cisterna era dispensável” – revelou o supervisor, que questiona e faz um alerta: “o abastecimento do Centro pode ser o melhor, mas diante de um incidente como esse, que deixou esse setor da cidade desabastecido, como fica?”.

O uso de cisterna, de acordo com o chefe da CEDAE, Miguel Rinaldi, prejudica, inclusive, o oferecimento de água através do caminhão pipa, “porque a maior parte das casas, prédios e edifícios comerciais da cidade não tem como armazenar a água”. De acordo com ele, em algumas situações emergenciais, a CEDAE poderia mandar o caminhão pipa, “mas a pessoa vai colocar a água onde, se não tem cisterna?”. Rinaldi acrescenta que a situação é tão séria, que até prédios públicos enfrentam esse problema.
– Outro dia fomos a uma escola onde a reclamação de falta de água era constante. Chegando lá descobrirmos que a reserva de água da unidade, que funciona em três turnos, era uma caixa d’água de 1,5 mil litros. Ou seja, como essa escola não ficaria sem água? Estou dando esse exemplo para mostrar que a despreocupação com reserva de água é cultural no riobonitense, mas é um comportamento que prejudica a todos, inclusive, a própria CEDAE – contou. 

As falhas "pontuais" na prestação de serviço da CEDAE não são ignoradas pelos representantes da empresa, “o nosso esforço é para prestar sempre o melhor serviço”, a equipe do núcleo local da CEDAE acredita que está conseguindo resolver vários problemas, “porque os índices de reclamação estão caindo”, mas acrescentam que “a população precisa ajudar mudando determinados comportamentos, e, embora timidamente, mas isso já tem acontecido”, concluiu Miguel Rinaldi.

quinta-feira, 10 de abril de 2014

V Semana Acadêmica do Polo Regional UAB/Cederj Rio Bonito

* Programação variada com temas da atualidade!

ALGUNS DOS TEMAS:


- "Autismo, conquistando direitos" (Berenice Piana);

- "Aplicações Web: interligando dois mundos" com apresentação do Sistema da Biblioteca Online do Polo Regional UAB/Cederj Rio Bonito; (Willian Teixeira)

- "Dinamizando aulas e apresentações com Audacity- Editor de áudio em Software Livre"; (Paulo César Rodrigues)

* De 06 a 09 de Maio;

INSCRIÇÕES E PROGRAMAÇÃO COMPLETA NO SITE OFICIAL :


http://migre.me/iJFLg