sexta-feira, 21 de abril de 2017

Bandidos explodem Banco do Brasil de Tanguá

Flávio Azevedo
Para a vagabundagem não tem feriado. Na última semana, durante a Semana Santa, ladrões foram presos assaltando a Loja CEM, no Centro de Rio Bonito. Nessa madrugada (21/04), por volta das 3h30min, marginais explodiram o Banco do Brasil de Tanguá, na expectativa de roubar o conteúdo dos caixas eletrônicos. Todavia, a Polícia Militar da cidade estava a postos e impediu a ação. Segundo as nossas fontes rolou até troca de tiros entre os policiais e os bandidos, que fugiram. Essas é a terceira vez, somente esse ano, que o Banco do Brasil de Tanguá é vítima da ação de marginais.

Para não cair no esquecimento, eu gostaria de lembrar que há muitos anos eu falo sobre o crescimento da violência em nossa Região. Há muitos anos eu venho dizendo que a crescente violência não é problema de Polícia, porque não se faz Segurança apenas com policiamento. Há anos eu venho dizendo que a classe política precisa se mexer nessa direção.

Apesar disso, parte daqueles que integram a classe política prefere me chamar de “apocalíptico” e alguns caras de pau chegam dizer serem “mentirosas”, as minhas reportagens, onde eu noticio roubos e assaltos. Infelizmente, por questão de interesse, até alguns integrantes das forças policiais adotam essa postura, para agradar o vagabundo do político safado.

Ou as autoridades da nossa Região, e aqui eu falo diretamente dos prefeitos, tomam vergonha na cara, assumem o papel de liderança de suas cidades; e se consorciam para esse enfrentamento, ou será necessário o cidadão se armar para enfrentar a marginalidade. Alô Direitos Humanos, nós estamos precisando de ajuda! Vivemos dentro de nossas próprias casas apreensivos e com medo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário