quinta-feira, 29 de maio de 2014

Estrada para a Cidadania oferece Oficina em Braille

As concessionárias CCR ViaLagos e CCR Ponte, em parceria com as Secretarias de Educação dos municípios atendidos pelas duas rodovias, promoveram nessa quarta-feira (28/05) o  Encontro Pedagógico em Braille do Programa Estrada Para a Cidadania, para aplicação do conteúdo Educação no Trânsito e Meio Ambiente nas salas de aula.

Cerca de 60 professores da rede municipal de nove cidades fluminenses participaram do curso, que orientou os profissionais cegos ou que lidam diretamente com alunos com deficiência. Ministrada pela professora Vilma Gomes Sampaio, pós-graduada em deficiência visual pela UNIRio e coordenadora do Centro de Transcrição à Braille do Instituto Helena Antipoff, o treinamento foi voltado a sensibilização, linguagem e relacionamento com pessoas cegas.

Os educadores receberam orientações sobre o conteúdo pedagógico do  Estrada para a Cidadania – que adiciona à grade de turmas do 4º ano e 5º ano do ensino fundamental as disciplinas Educação para o Trânsito e Educação Ambiental. Aos educadores também oram oferecidas sugestões de atividades em sala de aula e extracurriculares. O objetivo é que adquiram condições para um desenvolvimento pleno dos alunos, visando à inclusão social dessas crianças.

Este ano, o Estrada Para a Cidadania atende 1.150 professores e 38 mil alunos de escolas municipais de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia, Cabo Frio, Niterói, São Gonçalo e 1ª CRE-RJ. A CCR oferece os livros de alunos e professores, as oficinas pedagógicas e promove ações de cidadaniacom os estudantes. Todo material didático também é produzido em Braille. Com esta importante parceria com as secretarias de educação, o Programa contribui para o desenvolvimento de cidadãos mais conscientes no futuro.

Premiado em 2010 como o melhor programa de Responsabilidade Social pela IBTTA (International Bridge, Tunnel and Turnpike Association) – a mais importante associação internacional que reúne concessionárias de rodovias, Estrada para a Cidadania é o principal programa de responsabilidade corporativa do Grupo CCR.

A Oficina em Braille acontece, das 14h às 17h, na sede da CCR ViaLagos, em Rio Bonito (Rodovia RJ-124, km 22, junto à praça de pedágio).

Fonte: Ascom/ViaLagos.

CCR ViaLagos orienta professores de seis municípios em Educação no Trânsito e Meio Ambiente

A Concessionária CCR ViaLagos, em parceria com as Secretarias de Educação de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande São Pedro da Aldeia e Cabo Frio, inicia nesta quinta-feira (29/05) o 2º Encontro Pedagógico do ano letivo 2014 do Programa Estrada para a Cidadania para aplicação do conteúdo Educação no Trânsito e Meio Ambiente nas salas de aula.

Até julho, mais de 640 educadores dos seis municípios participarão do treinamento. Equipes qualificadas realizam os encontros ao longo do ano, para que os professores estejam em dia com o conteúdo do Estrada para a Cidadania - que adiciona à grade de turmas do 4º ano e 5º ano do ensino fundamental as disciplinas Educação para o Trânsito e Educação Ambiental. Os educadores ainda recebem sugestões de atividades em sala de aula e extracurriculares.

Este ano, Estrada para a Cidadania atende 645 professores e 16.500 mil alunos de escolas municipais de Rio Bonito, Saquarema, Araruama, Iguaba Grande, São Pedro da Aldeia e Cabo Frio. A CCR ViaLagos oferece os livros de alunos e professores, as oficinas pedagógicas e promove ações de cidadania com os estudantes. Todo material pedagógico é exclusivo e também é produzido em braile para professores e alunos cegos. Com esta importante parceria com as secretarias de educação, o Programa contribui para o desenvolvimento de cidadãos mais conscientes no futuro.

Premiado em 2010 como o melhor programa de Responsabilidade Social pela IBTTA (International Bridge, Tunnel and Turnpike Association) – a mais importante associação internacional que reúne concessionárias de rodovias, Estrada para a Cidadania é o principal programa de responsabilidade corporativa do Grupo CCR.

Serviço

Oficina em Rio Bonito
Data: 04 (quarta-feira) Trânsito. 05 de junho (quinta-feira) Meio Ambiente.
Local: Colégio Municipal Dr. Astério Alves de Mendonça – Rodovia BR 101 Km 265 – Praça Cruzeiro.
Horário: 8h às 10h30 e 13h às 15h30.

Fonte: Ascom/ViaLagos.

CCR ViaLagos abre processo seletivo para profissionais com deficiência

A CCR ViaLagos abriu processo de recrutamento e seleção para profissionais com deficiência. A iniciativa visa promover a integração ao ambiente de trabalho. A inclusão social é trabalhada na concessionária entre seus colaboradores, uma vez que deficientes físicos já fazem parte da equipe CCR ViaLagos em setores como Obras e Conservação,  SOS Usuário Mecânico e Arrecadação.

Os candidatos com deficiência concorrerão às vagas disponíveis na empresa em igualdade com os outros candidatos, desde que preencham os requisitos de qualificação. Para participar do processo seletivo, o candidato deve ter entre 25 e 38 anos, ensino médio completo e residir em Rio Bonito ou Saquarema.

Para a Coordenadora de Gestão de Pessoas da CCR ViaLagos, Márcia Miguel, tanto a empresa quanto esses novos colaboradores ganham com a iniciativa: “Esse é um público que vem conquistando cada vez mais espaço no mercado de trabalho e, por isso, oferecemos as oportunidades que temos aqui para todos”.

Para mais informações ou participação no processo seletivo, basta entrar em contato com a consultoria Diferencial RH, por meio do telefone (21) 2224-7213 e e-mail selecao@diferencialrh.com.br.

Fonte: Ascom/ViaLagos.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Faculdade Cenecista de Rio Bonito completa cinco anos fomentando responsabilidade social de empresas e empresários

Flávio Azevedo 
O administrador de empresas e mestre em Sistemas de Gestão de Negócios, Cid Alledi Filho, é o palestrante da noite em que a FACERB comemora o seu 5º aniversário.
Para celebrar os cinco anos de funcionamento da Faculdade Cenecista de Rio Bonito (FACERB), a unidade vai oferecer um evento especial às 19h dessa nessa quinta-feira (29/05). “Sustentabilidade nas Organizações” é o assunto que será abordado pelo palestrante Cid Alledi Filho. Membro do Grupo de Trabalho ABNT/ISO de Responsabilidade Social – NBR 16001 e ISO 26001, ele vai tratar de temas relevantes para os novos administradores (alunos da FACERB) e para o empresariado em geral, já que a sociedade riobonitense está convidada. A entrada é franca.

Nessa quarta-feira (28/05), apresentações dos professores do Núcleo de Iniciação Científica (NIC) realizaram apresentações dentro da programação de aniversário da FACERB. As professores Mônica de Farias e Edna Martha Marinho falaram sobre “as políticas públicas na Educação e o papel do gestor no processo de organização e execução das ações educacionais”.

Já a professora Fabiana Leite abordou “o setor empresarial de Rio Bonito frente ao processo decisório: fatores influentes em iniciativas de investimento”. Fechou a programação da noite, a professora Lígia do Carmo Martins, com a palestra “gestão de pessoas em microempresas: uma análise das microempresas do município de Rio Bonito sob o enfoque da sustentabilidade”.

Terça-feira dedicada ao Meio Ambiente

 O professor César Gomes de Sá durante a sua palestra no dia 27 de maio.
O presidente da 35ª Subseção da OAB, César Gomes de Sá; e o professor, Alan Amorin; foram os palestrantes do IV Fórum de Meio Ambiente promovido pelos alunos da Faculdade Cenecista de Rio Bonito (Facerb). O advogado César de Sá apresentou um panorama local, indicando as responsabilidades do poder público e do cidadão; mostrando as ações que devem se tomadas pela Prefeitura Municipal; e apontando a importância dos cidadãos se apropriarem dos Conselhos Municipais.

Já o professor de Geografia, Alan Amorim, apresentou um panorama mundial sobre o tema. Ele abordou os fóruns internacionais que tem acontecido com foco nas questões ambientais; comentou os protocolos e acordos que surgem desses eventos; e discorreu sobre como se comportam os países desenvolvidos e subdesenvolvidos quando o assunto é meio ambiente, entre outros pontos.

Terminado o evento, os alunos realizaram o sorteio de vários brindes, oferecidos pelos patrocinadores do Fórum, para os presentes. A programação continua nessa quarta-feira e quinta-feira (28 e 29/05), com programação especial na quinta-feira, quando a FACERB completa cinco anos de funcionamento.

terça-feira, 27 de maio de 2014

Precisamos descer da árvore para Ele entrar em nossa casa

Flávio Azevedo 
O padre Fábio de Melo finalizou as festividades pelo aniversário de 178 anos de Itaboraí.
No último dia 25 de maio, o padre Fábio de Melo, participando dos festejos que celebraram o aniversário de Itaboraí, entre muitas reflexões abordou a história de Zaqueu. Ele também cantou canção “Faz um milagre em mim”, que faz alusão a esse personagem. Para quem não sabe, Zaqueu embora fosse judeu era odiado pelos seus conterrâneos, porque estava a serviço de Roma. A sua atividade era cobrar os impostos. O problema é que, geralmente, os publicanos cobravam mais do que Roma determinava.

Esse relato está escrito no capítulo 19 do livro de Lucas e de acordo com a narrativa bíblica, Zaqueu era um homem de baixa estatura. A Bíblia conta que uma das grandes curiosidades desse cobrador de impostos era conhecer Jesus, de quem se falava maravilhas. Entretanto, a posição social de Zaqueu impedia essa aproximação. O pior é que a sua baixa estatura não colaborava para que ele pudesse, de longe, ver o Mestre, já que Jesus estava sempre em meio a uma multidão.

Foi quando ele teve um plano. Subir numa árvore que estava no trajeto que seria feito por Jesus. A ideia era contemplar o famoso Jesus sem ser percebido. O desejo de Zaqueu era tão grande, que ele subiu numa figueira brava. Ou seja, uma figueira cheia de espinhos. Ele esqueceu os espinhos e subiu assim mesmo. Quem sabe ele tomou essa iniciativa porque aquela poderia ser a última oportunidade que ele teria de ver Jesus? Quem sabe aquela era a única árvore que favorecia o seu plano? Não sabemos. O que sabemos é que ele subiu e ficou quietinho lá em cima.

De acordo com o padre Fábio de Melo, Zaqueu, na verdade, tinha vergonha de si mesmo. Os judeus não gostavam dele por conta da sua profissão e ele achava que Jesus também o rejeitaria.
– Quantos de nós, hoje, nos encontramos em situação semelhante? Ficamos com vergonha dos nossos atos por conta de uma coisa errada que fizemos. Na verdade, nós não nos perdoamos... Não nos achamos dignos do perdão. Somos duros ao julgar os erros dos outros e repetimos a dose conosco – ponderou o sacerdote.

Achando que estava escondido, Zaqueu tomou um susto quando Jesus chegou embaixo da árvore, parou, olhou para cima e disse: “Zaqueu desce de pressa, porque, hoje, me convém pousar em sua casa”. Todo envergonhado, mas alegre em poder se aproximar de Jesus, Zaqueu desceu da árvore e recebeu o Nazareno em sua casa.

A canção que conta o que se passou na cabeça de Zaqueu geralmente mexe conosco, porque todos os dias, apesar da patente dependência que temos de Deus, nós subimos num lugar alto onde pensamos ser possível apenas ver Jesus. Isso acontece porque nem sempre nós percebemos que “somos pequenos demais” e só seremos vitoriosos se recebermos a de Jesus em nossos corações.

De acordo com o apostolo S. Paulo, “todos pecaram e carecem da glória de Deus” (Romanos 2:23). O nosso estado de miséria também é apontado por João. De acordo com ele, somos “desgraçados, miseráveis, pobres, cegos e nus” (Apocalipse 3:17). E para acertar as deformidades de caráter que temos por conta do pecado, a nossa oração diária deve ser “entra na minha casa, entra na minha vida, mexe com minha estrutura, sara todas as feridas, me ensina a ter santidade, quero amar somente a Ti, porque o Senhor é meu bem maior... Faz um milagre em mim”.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Abertas as inscrições para o projeto “Mais Educação” nas escolas municipais de Rio Bonito

Flávio Azevedo 
Estão abertas as inscrições para monitor do programa “Mais Educação”. Os selecionados atuarão nas escolas municipais de Rio Bonito. Até o próximo dia 1º de junho os candidatos podem se inscrever no site da Secretaria Municipal de Educação (SME) do município, no link a seguir:


Os interessados, que deverão ser maiores de 18 anos, atuarão em diversas áreas. No primeiro semestre de 2014 o programa irá atender 13 escolas, beneficiando cerca de 2 mil alunos.

O “Mais Educação” é um programa que amplia a carga horária dos alunos na escola, o que contribuiu para uma melhor formação. O objetivo é aumentar a permanência dos estudantes na escola para melhorar o desempenho escolar através de atividades realizadas no contra turno das aulas regulares.

De acordo com informações divulgadas no site da SME, os monitores selecionados serão considerados voluntários, conforme estabelece a lei 9.608/1998. Isso significa dizer que não vínculo empregatício entre os voluntários e Prefeitura Municipal. Podem concorrer as vagas oferecidas pelo programa, universitários e instituições de ensino. Os selecionados receberão bolsas para o ressarcimento de despesas de alimentação e transporte.

Fonte: Secom/RB.

O lazer vai tomar conta de Rio Bonito e Rio Bonito vai tomar conta do lazer

Flávio Azevedo 
Atenção desportistas riobonitenses! A chegada do Programa Esporte e Lazer das Cidades (PELC) a Rio Bonito é a mais recente notícia esportiva do município. O programa é capitaneado pelo governo Federal, através do Ministério do Esporte. A chegada do PELC representa um investimento da ordem de R$ 900 mil e o projeto promete ser um divisor de águas no estímulo ao Esporte no município. De acordo com o secretário municipal de Esporte e Lazer (Semel), Ronaldo Oliveira, o município contará com a parceria do projeto por quase dois anos.
– Esta conquista é um marco para o desenvolvimento do Esporte e do Lazer em nosso município. O programa vai atender cerca de 2,5 mil pessoas de todas as faixas etárias e vai contribuir para que o Esporte e o Lazer sejam olhados como política público e direito de todos – comenta o secretário, acrescentando que “depois de muita luta e trabalho conseguimos trazer um programa de esporte e lazer federal para a nossa população”.

Segundo informações da Semel, seis núcleos serão criados em diferentes bairros. Nesses espaços serão oferecidas, integralmente, oficinas de esporte, teatro, dança, artesanato, música e lutas para todas as faixas etárias. O objetivo é que através do Esporte e da Cultura as áreas de vulnerabilidade social do município sejam alcançadas e os moradores desses lugares tenham opção de lazer e atividade. O secretário agradeceu o empenho de toda equipe da Semel e destacou a Secretaria de Projetos como peça “fundamental” para a implantação do PELC em Rio Bonito.

O PELC

O Programa foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social (Snelis), com a proposta de proporcionar a prática de atividades físicas, culturais e de lazer para todas as idades e para pessoas com necessidades especiais. Estimular a convivência social, a formação de gestores e lideranças comunitárias é outra expectativa do governo federal com a implantação do PELC.

Na sua essência, o programa deve nortear ações voltadas para públicos diferenciados nos seis núcleos que oferecerão as atividades. Estimular a gestão participativa entre os envolvidos; orientar entidades convenentes para estruturar e conduzir políticas públicas de lazer e esporte recreativo; e promover a formação continuada de agentes sociais de lazer e esporte recreativo; também são propostas do PELC.

Como filosofia do PELC está a implantação e o desenvolvimento de Núcleos de Esporte Recreativo e de Lazer que garantam o direito ao acesso de qualidade a políticas públicas de lazer e de esporte, em sua dimensão recreativa, para as diversas faixas etárias, garantindo a inclusão de pessoas com deficiência. Estimular a formação continuada de gestores, agentes sociais, lideranças comunitárias, pesquisadores, legisladores e demais parceiros do PELC é outra proposta do programa.

domingo, 25 de maio de 2014

Adeus Washington!

Flávio Azevedo 
A boa fase do Fluminense no Campeonato Brasileiro empolga a torcida tricolor, mas a manhã desse domingo (25/05) amanhece triste para os torcedores do aristocrático clube de Laranjeiras. Morreu, nessa manhã o ex-atacante Washington. Aquele que fez dupla com Assis e deu muitas alegrias aos tricolores na década 80. Ele sofria de uma doença degenerativa conhecida como esclerose lateral amiotrófica. Um dos maiores atacantes da história do Fluminense, ele marcou 120 gols com a camisa tricolor em 303 jogos.

Washington e Assis formaram uma das duplas mais vitoriosas do futebol brasileiro. O dueto recebeu o nome de “Casal 20”, numa alusão a um seriado americano de muito sucesso transmitido pela TV Globo naquele tempo. Era um casal de detetives que, a exemplo da dupla tricolor, sempre terminava os episódios vencendo os seus adversários.

Eles fizeram sucesso no Atlético/PR em 1982. A dupla chamou atenção e foi contratada pelo Fluminense, onde repetiram o entrosamento e logo conquistaram a torcida tricolor. Estrearam no dia 2 de julho de 1983 com vitória de 3x0 sobre o São Cristóvão. A partida iniciou a campanha do primeiro dos três Cariocas que o Tricolor ganharia em sequência.

A doença do ídolo tricolor ganhou notoriedade quando aconteceu o “Washington Day”, ocorrido no dia 15 de novembro de 2009, no Maracanã, quando torcedores fizeram doações para ajudar o ex-atacante. Na oportunidade, o Fluminense venceu o Atlético/PR por 2x1. 

A doença

Washington foi uma das vítimas da ELA.
A esclerose lateral amiotrófica (ELA) é provocada pela degeneração progressiva no primeiro neurônio motor superior no cérebro e no segundo neurônio motor inferior na medula espinhal. Esses neurônios são células nervosas especializadas que, ao perderem a capacidade de transmitir os impulsos nervosos, dão origem à doença. Não se conhece a causa específica para a esclerose lateral amiotrófica. Parece que a utilização excessiva da musculatura favorece o mecanismo de degeneração da via motora, por isso os atletas representam a população de maior risco.

Outra causa provável é que dieta rica em glutamato seja responsável pelo aparecimento da doença em pessoas predispostas. Isso aconteceu com os chamorros, habitantes da ilha de Guan no Pacífico, onde o número de casos é cem vezes maior do que no resto do mundo. Estudos recentes em ratos indicam que a ausência de uma proteína chamada parvalbumina pode estar relacionada com a falência celular característica da ELA, uma doença relativamente rara (são registrados um ou dois casos em cada cem mil pessoas por ano, no mundo), que acomete mais os homens do que as mulheres, a partir dos 45/50 anos.

Apesar das limitações progressivas impostas pela evolução da doença, o paciente costuma ser uma pessoa dócil, amorosa, alegre, que preserva a capacidade intelectual e cognitiva e raramente fica deprimida.

Sintomas

O principal sintoma é a fraqueza muscular, acompanhada de endurecimento dos músculos (esclerose), inicialmente num dos lados do corpo (lateral) e atrofia muscular (amiotrófica), mas existem outros: cãibras, tremor muscular, reflexos vivos, espasmos e perda da sensibilidade.

Diagnóstico

A doença é de difícil diagnóstico. Em grande parte dos casos, o paciente passa por quatro, cinco médicos num ano, antes de fechar o diagnóstico e iniciar o tratamento.

Tratamento

O tratamento é multidisciplinar sob a supervisão de um médico e requer acompanhamento de fonoaudiólogos, fisioterapeutas e nutricionistas. A pesquisa com os chamorros serviu de base para o desenvolvimento de uma droga que inibe a ação tóxica do glutamato, mas não impede a evolução da doença. Os experimentos em curso com animais apontam a terapia gênica como forma não só de retardar a evolução, como possibilidade de reverter o quadro.

Recomendações
*O diagnóstico e o início precoce do tratamento são dois requisitos fundamentais para retardar a evolução da doença. Não subestime os sintomas, procure assistência médica;
*Embora a ELA seja uma doença degenerativa irreversível, não há como fazer prognósticos. Em alguns casos, a pessoa vive muitos anos e bem;
*A relação do paciente com a equipe médica e familiares é sempre muito rica. Ele está sempre animado e procurando alternativas para enfrentar as dificuldades do dia a dia;
*Pelo menos aparentemente, o portador da doença costuma sofrer menos do que o cuidador, que precisa aprender a maneira correta de tratar do doente, sem demonstrar que teme por sua morte iminente.

Fonte: Dr. Dráuzio Varela

sábado, 24 de maio de 2014

Maricá completa 200 anos e promove 10 dias de shows

Flávio Azevedo 
A banda mineira J Quest é uma das atrações contratadas para celebrar os 200 anos de Maricá.
O município de Maricá celebra os seus 200 anos de emancipação politico administrativa com uma vasta programação e muitas atividades. Os shows em comemoração pela data festiva já se iniciaram na última sexta-feira (23), com Zé Ramalho. Até o dia 1º de junho, muitas outras atrações subirão ao palco da Praça Dr. Orlando de Barros Pimentel, no Centro. Ao todo serão dez shows com artistas e bandas conhecidas como Jota Quest, CPM22, NX Zero, Mumuzinho, entre outros.

Confira as atrações

23 – Zé Ramalho – Sexta-feira às 23h.
24 – CPM 22 – Sábado às 23h.
25 –Thalles – Domingo às 22h.
26 – Samba Social Clube (Diogo Nogueira, Jorge Aragão, Fundo de Quintal, Almir Guineto, Sombrinha e Claudinho Guimarães) – Segunda-feira às 22h.
27 – NX Zero – Terça-feira às 21h.
28 – Mumuzinho – Quarta-feira às 21h.
29 – Nosso Bloco – Quinta-feira às 21h.
30 – Jota Quest – Sexta-feira às 23h.
31 – Sambô – Sábado às 23h.
01/06 – Sorriso Maroto – Domingo às 22h.

Secretaria de Meio Ambiente promove atividades por preservação da Serra do Sambê

Flávio Azevedo 
Alunos e instrutores no Parque Municipal Olívio Osório
Cerca de 50 crianças do 5º ano do Ensino Fundamental (4ª série) do Colégio Cenecista Monsenhor Antônio de Souza Gens (CCMASG), participaram na tarde dessa sexta-feira (23/05), das atividades que estão sendo desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Rio Bonito, que culminarão com o “Dia Municipal de Preservação da Serra do Sambê”, celebrado no último domingo do mês de maio. A Secretaria de Meio Ambiente planeja uma ação, durante a realização do projeto “Se Essa Rua Fosse Minha”, que acontece todos os domingos na Bela Vista.

O projeto nas escolas está sendo realizado em parceria com a ONG Segurança nas Cidades, que entre outras especialidades dá treinamento e formação para guardas ambientais. Os eventos estão sendo levados a várias escolas do município e atividades como o Concurso de Frases sobre a Serra do Sambê está sendo promovido entre os alunos.

Os estudantes do CCMASG iniciaram a tarde ouvindo uma palestra. Pedagogo e militar da reserva, Jorge Heleno foi o palestrante que interagiu com os alunos, crianças com idade entre 10 e 11 anos, que ouviram curiosidades sobre a preservação da natureza e a destinação correta do lixo. “Vocês sabiam que um pardal come 50 mosquitos por dia? O mosquito que poderia te picar você e transmitir dengue. Ou seja, 10 pardais comem 500 mosquitos diariamente”.

Os pequenos também aprenderam sobre os perigos do tráfico de aves. “Para cada passarinho preso e posto a venda, outros nove morreram”. As crianças perceberam o perigo do tráfico de aves quando o palestrante disse que são nove pássaros a menos para comer os mosquitos. “Caramba, ficam 450 mosquitos a mais para nos picar”, disse um menino para o colega, mostrando que também é bom de matemática.

“Para a Organização das Nações Unidas (ONU) meio ambiente é o conjunto de componentes físicos, químicos, biológicos e sociais capazes de causar efeitos diretos e indiretos, em um prazo curto ou longo, sobre os seres vivos e as atividades humanas”. Esse foi um dos ensinamentos apresentados pelo palestrante que contou com o auxilio de um projetor Datashow que projetava imagens num telão.
– Onde nós devemos jogar o nosso lixo? Quem aqui o pai tem uma lixeirinha agarrada no câmbio onde ele passa a marcha do carro? Lugar de lixo é no lixo. Quem aqui guarda o papelzinho da bala, no bolso, até encontrar uma lixeira para jogar o papel fora? – perguntou Jorge Heleno aos alunos, que numa postura natural da idade diziam fazer corretamente e apontavam os colegas que não tinham o devido cuidado. 
Os alunos interagiram com o palestrante durante a conversa com eles sobre preservação ambiental.
Depois de receberem o lanche coletivo e o diploma de participação do projeto, acompanhados dos integrantes da ONG, dos professores e monitores da escola, e da equipe da Secretaria de Meio Ambiente; os alunos foram ao Parque Municipal Olívio Osório, popularmente chamado de “morro da rádio”. O objetivo foi fazer o plantio simbólico de árvores nativas.
– Vocês sabiam que na Península Ibérica, onde estão Portugal e Espanha, os governos criaram a campanha “Adote uma Árvore”, porque nos últimos 500 anos esses países conseguiram acabar com todas as árvores que existiam em seus territórios. Nós aqui ainda não precisamos de uma campanha dessas, mas podemos contribuir para que isso não aconteça plantando mais árvores – disse Jorge Heleno aos estudantes, todos eles muito empolgados durante o plantio das mudas.

Fonte: Secom/RB.

quinta-feira, 22 de maio de 2014

Prefeitura de Rio Bonito realiza Semana do Microempreendedor Individual

Denilson Santos 
A prefeitura de Rio Bonito e o Sebrae-RJ realizam a Semana do Empreendedor Individual (SEI), que acontece de 02 a 06 de junho no Colégio Rio Bonito, localizado na Avenida Manuel Duarte, nº 307, no Centro. 

O Programa SEI do SEBRAE foi desenvolvido para orientar os microempreendedores a planejar e a desenvolver suas características como empreendedor. Durante o evento serão realizadas oficinas com objetivo de ajudar a melhorar os resultados, contornar problemas e a traçar o caminho para o sucesso dos negócios.

Para garantir a participação, os interessados devem enviar seus dados (nome, endereço e telefone) para o e-mail: desenvolvimento.economico@riobonito.rj.gov.br ou comparecer na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, localizada na Rua Desembargador Itabaiana de Oliveira, nº 95, no Centro (Prédio do Antigo Fórum), no período de 19 a 30 de maio. O evento é gratuito.
É muito importante a participação do microempreendedores de Rio Bonito que querem colocar o seu negócio na direção do sucesso. Além disso, o SEBRAE estará durante o evento oferecendo soluções personalizadas para cada negócio, através do diagnóstico empresarial para sua empresa – explica o secretário de Desenvolvimento Econômico, Sebastião Moreira Silva.

Fonte: Secom/RB.

Rua mais bonita da Copa será premiada em Rio Bonito

Denilson Santos 
A rua mais bonita será premiada pela Secretaria de Cultura de Rio Bonito.
Já estão abertas as inscrições para o concurso que vai premiar a “Rua Mais Bonita da Copa”.  O objetivo do concurso é promover um evento democrático com total participação dos moradores, incentivando a prática da comunhão entre vizinhos, a decoração local, além de contribuir para a difusão cultural e desenvolvimento da cidade. Os interessados podem inscrever a sua rua entre os dias 19 de Maio e 06 de Junho, na secretaria de Cultura, situada na Rua Itabaiana de Oliveira, nº 95, no Centro, das 08 às 17 horas. No ato da inscrição deverá levar duas fotografias exibindo a decoração da rua completa, para efeito de comparação.
– Essa iniciativa da prefeitura de Rio Bonito, vai mostrar a cultura nos seus mais variados aspectos: arte, lazer, movimento social e educação. Busca fazer uma grande mobilização entre os moradores, além de resgatar as decorações que são feitas nas ruas durante a Copa do Mundo – afirma a secretária de Cultura, Roselane Matos, que também esclareceu que a fase decisiva do concurso será entre os dias 13 e 26 de junho durante a fase de grupos da Copa do Mundo. A premiação será no dia 27 de Junho, às 17 horas, na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, no Centro.

A comissão julgadora do concurso vai avaliar e pontuar as ruas de acordo com os seguintes quesitos: a utilização de materiais ecologicamente corretos, com baixo impacto ambiental; espírito da Copa, “Hexa Brasil”; criatividade e beleza, que será o critério de desempate do concurso. O vencedor responsável pela “Rua Mais Bonita da Copa” receberá um troféu e uma viagem para alguns pontos turísticos do Rio Janeiro e um “tour” pelo Maracanã.

Fonte: Secom/RB.

Concurso de Fotografia vai premiar o melhor “olhar sobre Rio Bonito”I

Denilson Santos 
Inscrições na Pinacoteca Municipal de Rio Bonito até 27 de junho
“Um Olhar Sobre Rio Bonito” é o tema do concurso de fotografia lançado essa semana pela secretaria de Cultura, com a finalidade de estimular a produção fotográfica, o registro das manifestações culturais regionais e a preservação da memória do município.

O concurso, que acontecerá na Pinacoteca Municipal Antônio Benevides Filho, no Centro, pretende mostrar diferentes visões, iniciativas, projetos e despertar o interesse das pessoas pela fotografia, por meio da exposição coletiva das imagens registradas. Os interessados em participar do concurso já podem fazer a sua inscrição, que é gratuito, até o dia 27 de Junho na Pinacoteca Municipal, localizada na Avenida Castelo Branco (Rua dos Bancos), no Centro.

Cada participante pode inscrever duas fotos. Os três primeiros lugares receberão como premiação uma máquina, um tablet e uma porta retrato digital. “O concurso “Um Olhar Sobre Rio Bonito” tem como objetivo incentivar a arte da fotografia, oportunizando o reconhecimento de talentos, o fomento das diversas formas de expressão artística e do alcance do desenvolvimento do município”, explica a secretária de Cultura, Roselane Matos.

Fonte: Secom/RB

terça-feira, 20 de maio de 2014

Itaboraí completa 181 anos com shows e inaugurações

A programação já começa nessa quarta-feira com a cantora gospel, Aline Barros.
Artistas consagrados como a cantora gospel Aline Barros, o padre Fábio de Melo e a dupla sertaneja Jorge e Mateus são algumas das atrações reservadas para maio em Itaboraí, quando, na próxima sexta-feira (22/05), a cidade comemora 181 anos de Emancipação Político-Administrativa. Os grupos Psirico, Tchakabum, É o Tchan e Só Pra Contrariar também fazem parte da festa.

Durante todo o mês, uma extensa programação preparada pela Prefeitura vai levar cultura, esporte, lazer, ações sociais, atividades para a terceira idade e outros eventos importantes, quase que diariamente. Com o tema “Itaboraí 181 anos – Essa festa é nossa!”, o aniversário do município também será marcado pela entrega de obras importantes à população, como escolas, praças, postos de saúde e locais para a prática esportiva. Ao todo, 11 equipamentos serão entregues.

Assim como em 2013, os shows principais acontecerão na arena de eventos localizada na Avenida 22 de maio, na altura do bairro Rio Várzea, dos dias 21 a 25, com entrada gratuita. Os shows religiosos começam às 21h, e os demais, às 22h30min. Nessa quarta-feira (21/05), Aline Barros canta sucessos como “Sonda-me, usa-me”, “Deus do Impossível”, “Ressuscita-me” e “Casa do Pai”. No dia seguinte (22/05),  o público vai cantar e dançar com as bandas Tchakabum, É o Tchan e Psirico. No dia 23/05, é a vez do pagode romântico do grupo Só Pra Contrariar. No sábado (24/05), a dupla sertaneja Jorge e Mateus sobe ao palco, e encerrando os grandes shows, no domingo (25/05), o padre Fábio de Melo canta para a comunidade católica. Nesse dia, uma missa abre as comemorações na arena, às 9h.

Fonte: Ascom/Itaboraí.

Quadrilha é presa com armamento pesado em Rio Bonito

Flávio Azevedo 
Policiais Militares do Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) de Boa Esperança, prenderam, no último dia 13 de maio, no Km 13 da ViaLagos, integrantes de uma quadrilha especializada em assaltos a fazendas. Foram presos os marginais Klemerson Machado, Gabriel Lima, Marcia dos Santos Jesus e Ana Cristina Cruz. Um quinto integrante da quadrilha conseguiu escapar e está sendo procurado pela polícia. O grupo se preparava para agir naquele dia. A prisão aconteceu depois de intensa troca de tiros.

Com os marginais os policiais encontraram uma espingarda, calibre 12; uma submetralhadora Uru, 9mm; dois revólveres, calibre 38; uma pistola com silenciador, calibre 22; uma pistola, calibre 9mm; a réplica de uma Desert Eagle, calibre 40; e munição de vários calibres. Além do armamento, os bandidos portavam quatro coletes balísticos, um giroscópio, um cinto de guarnição completo, três coldres, dois telefones celulares, dois binóculos e quatro carregadores de pistola.

De acordo com o registro da 119ª DP, a quadrilha trafegava na pista de subida da RJ – 124 em dois carros, um Citroen C3 e um Toyota Hillux. Diante do BPRv, os policiais que faziam uma blitz de rotina perceberam que os integrantes dos referidos veículos pararam no acostamento. Ao verem os policiais se aproximando, o Citroen tentou retornar e o Hillux acelerou pela contramão.

Ainda segundo o registro, logo adiante os integrantes dos veículos começaram a atirar nos policiais, que revidaram. Durante o tiroteio, as mulheres, que viajavam no Citroem, teriam sido atingidas, uma no ombro, a outra na perna. Elas seriam de Mesquita, na Baixada Fluminense. Os bandidos eram do Morro do Amor, no Complexo de Lins, na Zona Norte do Rio de Janeiro. O motorista da Hillux, que teria por nome André, fugiu.

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Rio Bonito busca Bi da Copa Inter TV

Flávio Azevedo 
Em 2013 a equipe de Rio Bonito foi campeã invicta nas duas fases da competição.
Os representantes de Rio Bonito que estão disputando a temporada 2014 da Copa Inter TV, categoria Sub-14, estrearam da mesma forma que terminaram 2013: vencendo. Apesar de o jogo ser fora de casa, a equipe riobonitense não tomou conhecimento da equipe de Conceição de Macabu e saiu com o resultado positivo: 4x2. A partida foi disputada no Ginásio Poliesportivo José Eduardo Félix, último domingo (18/05).

Na categoria, “Adulto”, a equipe de Rio Bonito também venceu. O triunfo foi sobre o Iguaba Grande. O placar da partida terminou em 3x2.
Fonte: Secom/RB.

Atletas da Academia Breno Eiras Jiu-Jitsu novamente no alto do pódio

Flávio Azevedo 
Na parte mais alta do pódio, Rafael Reis exibe as duas medalhas de ouro que conquistou.
Os papões de medalha da Academia Breno Eiras Jiu-Jitsu aprontaram novamente nesse fim de semana. Participando da VI Copa Arraial do Cabo de Jiu-Jitsu, no último domingo (18/05), a equipe conquistou sete medalhas, sendo três de ouro, duas de prata e duas de bronze.

Os medalhistas de ouro foram os atletas Rafael Reis de Souza (foto), Rafael Jacob e Gabriel Guerra. As medalhas de prata vieram para João Lucas Martins e Heitor Cal. Conquistaram a medalha de bronze os atletas Gleison Antunes e Ricardo Henrique.

Em seu perfil num site de relacionamentos, o professor Breno Eiras diz estar muito orgulhoso de todos meus alunos, mas faz uma saudação especial ao faixa azul Rafael Reis, que com seus 68 Kg ganhou sua categoria de peso e também o ABSOLUTO, categoria disputada por atletas de pesos diferentes. “Meu atleta se destacou por ser o mais leve na disputa ganhando de atletas 30 kg mais pesados”.

domingo, 18 de maio de 2014

Incêndio na Nutriara assusta madrugada de Rio Bonito

Flávio Azevedo 
Um rolo de fumaça negra paira no céu de Rio Bonito, na altura de Basílio. O som das sirenes de carros de salvamento é ouvido pelas principais ruas da cidade. Apreensão, curiosidade, preocupação, busca por notícias, são as principais expressões que se percebe na madrugada de segunda-feira (19/05), por volta da 1h, sobretudo nas mídias sociais. A nossa reportagem é a primeira a chegar à fábrica de ração Lupus Alimentos, antiga Nutriara, que está em chamas. A empresa funciona no Condomínio Industrial de Rio Bonito, as margens da Rodovia BR – 101. Não há registro de vítimas.

Dezenas de pessoas, a maior parte delas funcionários da Lupus Alimentos, acompanham a ação dos homens do Corpo de Bombeiros que tentam debelar o fogo. Da Rodovia BR – 101 é possível ver a altura das chamas e a movimentação das viaturas do Destacamento do Corpo de Bombeiros, que a todo o momento saem em velocidade em direção ao Centro de Rio Bonito para abastecer o tanque de água. Um caminhão pipa particular também transporta água para o interior da fábrica. O fogo teria começado por volta das 23h.

Preocupação

Entre os funcionários da empresa, alguns são mais falantes outros estão calados e atônitos. Parte deles tenta, da rodovia, identificar o que o fogo já destruiu. O grupo está preocupado com a possível destruição de outros galpões. Há quem já esteja apreensivo com o emprego.
– Isso vai acabar sobrando para nós. As empresas quando amargam um prejuízo desses, a primeira coisa que fazem é colocar os funcionários em Aviso Prévio e começam falar em contenção de gastos – reflete um funcionário que olha as chamas como que não acreditando no que está vendo.

Outro funcionário já fala sobre as razões do incêndio. “Plástico é assim, amigo! É ruim de pegar fogo, mas quando incendeia, ele só apaga depois que destrói tudo e não tem mais nada para queimar”. Apesar da hora, as pessoas não arredam pé. O grupo é composto por funcionários da fábrica, parentes e colegas desses funcionários, moradores das proximidades e quem trafega pela Rodovia BR – 101, que diminui a velocidade dos carros para saber o que está acontecendo.

Funcionários pegariam meia-noite 

Por volta das 4h, o número de viaturas é maior um caminhão com escada magirus reforça o combate ao incêndio.
No portão da fábrica outro grupo de funcionários conversa. Eles comentam que o fogo teria sido originado num setor chamado “mico”, local onde ficam estocadas as embalagens e alguma matéria prima. Um funcionário que iria pega a meia-noite dá graças a Deus por não estar dentro da empresa.
– Eu e vários colegas íamos pegar no batente meia-noite. Eu não sei o que seria se nós estivéssemos lá dentro! Lamentamos o que está aconteceu, mas ainda bem que não tinha ninguém lá e o pouco pessoal que estava lá, a maior parte da segurança, não se feriu e saiu a tempo. Os Bombeiros estão aí e esperamos que eles consigam apagar as chamas – comenta.

A insistência das chamas faz com que o Corpo de Bombeiros receba reforço de viaturas de outros municípios. Elas passam pela Rodovia BR – 101 com as sirenes ligadas e com muita toda velocidade. O reforço vem de Itaboraí, mas as chamas são teimosas e continuam destruindo o que encontra pela frente. Por volta das 4h, o número de viaturas é maior um caminhão com escada magirus reforça o combate ao incêndio que, segundo fontes, já está controlado.


A empresa

De acordo com o site da Lupus Alimentos, que surgiu da antiga Nutriara Alimentos, a empresa foi constituída em 1991 para se firmar como uma das maiores empresas de Pet Food do Brasil e da América Latina. O combustível para isso era o comprometimento com a nutrição e segurança alimentar dos milhares de animais que consomem os seus produtos. As unidades fabris, localizadas em Santa Luzia/MG; Rio Bonito/RJ; e Feira de Santana/BA; produzem uma extensa linha de alimentos para animais de estimação e de produção, dentro de padrões internacionais de qualidade.

A Lupus Alimentos tem como meta, a ampliação do seu parque industrial e a criação de novos produtos visando aumentar ainda mais sua participação no mercado. Com uma equipe de aproximadamente mil funcionários nas três unidades, a empresa também contribui com mais de oitenta mil empregos indiretos através de uma ampla e eficiente rede de distribuidores que atende e prepara seus milhares de pontos de vendas.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

Marcha para quem?

Flávio Azevedo 
Para não perder a mão para os textos mais ousados e críticos, nós iremos abordar um assunto que certamente será polêmico, vai deixar muita gente ‘danada da vida’, mas não podemos nos furtar de tocar nesse tema. É sobre a “Marcha Para Jesus”, um movimento muito interessante, que surgiu com uma proposta excelente, mas que vai perdendo o seu foco por simples razões.

Na última quinta-feira (15/05), na Câmara de Vereadores, os parlamentares aprovaram um recurso da ordem de R$ 60 mil para a “Marcha para Jesus”. A bancada evangélica, composta pelos parlamentares Márcio da Cunha Mendonça, o Marcinho Bocão; e Edilon de Souza Ferreira, o Dilon de Boa Esperança; agradeceram a aprovação, disseram que as igrejas evangélicas realizam trabalhos relevantes no município, sobretudo no resgate de jovens que estão nas garras das drogas. O que é uma verdade!

Os vereadores Aissar Elias e Rita de Cássia se assustaram com o montante da subvenção, destacaram que o município têm prioridades que não estão sendo cumpridas, comentaram que um valor dessa ordem pode gerar questionamentos, mas acabaram sendo favoráveis por uma questão de ‘política de boa vizinhança’. Sinceramente, os vereadores e a prefeita têm mais é que aprovar e liberar a subvenção, porque ser contrário pode ser entendido como “sou inimigo dos evangélicos”. Aliás, tem muito espertinho esperando o posicionamento contrário, da prefeita e dos vereadores, para reiniciar mais um capítulo da Guerra Santa (no fundo é guerra de egos) que existe em nossa cidade.

Somos frontalmente contrários a liberação de recursos públicos para qualquer denominação, pelo simples fato de que o louvor é uma oferta voluntária que oferecemos a Deus para retribuir o que Ele fez e faz por nós. Também somos contrários a esse negócio de o sujeito, famoso ou não, só aceitar visitar a igreja que comprar os seus CDs ou DVDs. Também discordamos dos espetáculos promovidos por “cantores e líderes religiosos” que só acontecem quando eles são bem pagos.


Também seria interessante refletir no que S. Paulo escreveu em duas ocasiões aos cristãos da igreja de Corinto. Na primeira carta (9:14) ele diz: “... Aos que anunciam o evangelho, que vivam do evangelho”. Contudo, na segunda carta ele fala da doação com outro viés: “cada um contribua SEGUNDO PROPÔS no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria” (9:7). O problema não é exatamente o dinheiro, mas a forma como ele está sendo arrecadado e empregado. Da maneira que tem sido feito, o louvor fica ofuscado, a adoração fica mascarada e nitidamente a fé esta virando um comércio e bem lucrativo.

O município vai dar R$ 60 mil? Beleza! As igrejas evangélicas – e em Rio Bonito não são poucas – darão quanto? E a comunidade de crentes dará quanto? E o louvor através das ofertas? Não tem? O vereador Marcinho Bocão disse que é preciso trazer um cantor famoso, “que não é barato”, para atrair as pessoas para o evento, “porque senão não vai ninguém”. Mas espera aí... O negócio é “Marcha para Jesus” ou “Marcha para Thales Roberto”? É “Marcha para Jesus” ou “Marcha para Aline Barros”?

Não temos dúvidas que nas muitas igrejas espalhadas pelo nosso município, centenas de meninas e meninos cantam igual ou melhor que os famosos e caros cantores. Nada contra os famosos, mas que sigam o conselho de S. Paulo: “cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria”. Ou seja, acabou de cantar? “Passa o chapéu” para que os irmãos os entregue as suas ofertas VOLUNTÁRIAS, “conforme propuseram no seu coração”.

Por isso, mais uma vez vamos cumprimentar o padre Eduardo Braga, pároco da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, que diante de uma suposta subvenção para os festejos da Padroeira da cidade, celebrado no dia 8 de dezembro, ele agradeceu a gentileza e recusou o recurso sob o argumento de que é preferível trabalhar com a oferta e o trabalho voluntário dos irmãos.

Fica a dica!