terça-feira, 20 de março de 2012

Policiais Militares fazem nova prisão na Serra do Sambê

Flávio Azevedo

Dois adolescentes foram apreendidos com drogas na noite de ontem (20/03), por volta das 21h30min, na Travessa Carvalho, na Serra do Sambê, em Rio Bonito. O endereço é bem conhecido de policiais e usuários de drogas. Segundo policiais da 3ª CIA da PM, a informação veio através de denúncia anônima (pelo 190). No momento da abordagem, um terceiro elemento conseguiu fugir. Os adolescentes apreendidos foram conduzidos a 119ª DP.

Com os adolescentes, que tinham idade entre 16 e 17 anos, os policiais encontraram três sacolés pequenos de maconha; 35 sacolés grandes do mesmo produto; 12 pedras pequenas e 11 grandes de crack; R$ 107,00 e duas munições, calibre 38, que estavam intactas.

O adolescente de 17 anos é morador da Serra do Sambê e assumiu ser usuário de maconha. “A droga não é minha, eu sou apenas usuário. Eu estava comprando para o meu consumo quando a polícia chegou”. De acordo com os policiais, “depois de prestar depoimento o jovem deve ser liberado”. Já o adolescente de 16 anos, além de confessar a propriedade da droga, ele revelou pertencer ao Comando Vermelho e comentou ser oriundo da favela do Mandela, na Zona Norte do Rio.

Depois de confirmar o seu envolvimento com o tráfico de drogas desde os 13 anos, o adolescente contou parte da sua trajetória a nossa reportagem. Ele já teria sido apreendido uma vez e estava morando na Serra do Sambê há cerca de dois meses.
– Durante esse tempo que eu mecho com drogas eu já passei por várias bocas de fumo (no Rio de Janeiro e no interior). Eu vou onde me mandam – encerra o adolescente que, embora seja da favela do Mandela, contou que a sua mãe mora na favela de Antares, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio.

Outras prisões

Essa é a segunda prisão importante feita por policiais militares num curto espaço de tempo. Na manhã do último dia 11 de março, a polícia prendeu Glauco Marinho, de 23 anos, morador da Serra do Sambê. Outros dois menores, de 15 e 16 anos, também foram apreendidos na oportunidade. Esses atuavam no trafico de drogas no Parque da Caixa D’Água (foto 2).

Segundo os policiais, no momento que os adolescentes eram presos, o telefone de um deles tocou. Do outro lado da linha era Glauco, o chefe dos adolescentes. Os policiais forçaram os adolescentes a colocar o telefone no “viva voz”, um encontro foi combinado e quando chegaram a casa de Glauco, na Serra dos Sambê, drogas e uma arma foram encontrados no quintal da residência.

No Loteamento Schueller, policiais militares apreenderam um menor que faria parte do tráfico de drogas local. Ele teria sido encontrado com uma espingarda, calibre 36; e uma moto que havia sido roubada em Duque de Caxias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário